Comitê Emergencial de Crise da Educação retoma atividades na Câmara e discute retomada das atividades escolares

10 de março de 2021

O Comitê Emergencial de Crise da Educação, vinculado à Comissão de Educação, Cultura e Esportes, realizou na tarde desta terça-feira (9/3), a primeira reunião virtual de 2021. O debate trouxe várias demandas, como a greve dos profissionais da educação, protocolos adotados pelas escolas contra a pandemia, entre outras ações.

Protocolos nas escolas

Segundo a Prefeitura, a adoção de medidas sanitárias como, por exemplo, o uso constante de máscaras, de protetores faciais para os profissionais da educação, a higienização frequente das mãos, a preservação de distanciamento social, a ventilação adequada das salas de aula, a organização da entrada e da saída, a aferição de temperatura na entrada, a realização de intervalos e recreios escalonados e a limpeza frequente dos ambientes são condições essenciais para o retorno seguro.


A vereadora Cris Monteiro (NOVO), após visitar algumas escolas do município, acredita que existem instituições de ensino em condições de retomar as atividades, cumprindo todos os protocolos estabelecidos pelo governo.


“Nossas crianças estão longe das escolas. Nós não vamos conseguir soluções ordinárias em situações extraordinárias. Precisamos pensar de forma criativa para trazer essas crianças de volta às aulas. É muito importante que essas crianças voltem a estudar”, observou.


Fonte: Portal Câmara Municipal de São Paulo

Receba nossas

novidades por

email

    Siga a Cris nas redes:

    © 2021 Cris Monteiro. Todos os direitos reservados.