SÃO PAULO E A TRANSPARÊNCIA

25 de junho de 2021

O município de São Paulo possui aproximadamente 12 milhões de habitantes, é a principal metrópole do Brasil, sendo responsável por 10% do PIB total do país, e gera, por ano, em riquezas a soma de 4.300 municípios, o equivalente a cerca de 77% do total de municípios.
Desde o ano de 2011, quando a Lei de Acesso a Informação foi sancionada, até o atual ano de 2021, muito progresso foi feito na direção da transparência do poder público na cidade.

Em âmbito municipal temos leis que incentivam a catalogação de dados e criam o Catálogo Municipal da Base de Dados da cidade, leis que geram diretrizes para os serviços digitais e a apresentação dos seus dados, e, mais recentemente, aprovada em 2020, a lei que organiza a Política Municipal de Prevenção da Corrupção no município.

Todos esses são grandes passos para que São Paulo atinja excelência na abertura dos seus dados e possua uma gestão mais transparente, e em consequência, menos corrupta e mais próxima do município.

A cidade é precursora de mudanças e modernidade, dados abertos significam: mais informação, mais comunicação, mais tecnologia e mais inovação. O impacto de dados abertos e legíveis na administração pública podem gerar imensos benefícios ao munícipe de São Paulo, como geração de novas startups incentivando o empreendedorismo, até a informação sobre serviços públicos que são essenciais ao cidadão, melhorando a qualidade desses serviços.

Receba nossas

novidades por

email

    Siga a Cris nas redes:

    © 2021 Cris Monteiro. Todos os direitos reservados.