VELHICE NAO É DOENÇA!

23 de junho de 2021

Velhice não é doença!

É preocupante a inclusão do termo “velhice” na Classificação de Doenças e Problemas de Saúde (CID) da Organização Mundial de Saúde em sua 11ª Edição, a vigorar a partir de 01/01/2022. A proposta para esta mudança é temerária, e igualmente incongruente com a definição de doença da própria entidade.

Segundo a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), “o envelhecimento é um processo natural na vida do ser humano e jamais deve ser considerado passível de cura”. Essa decisão irá mascarar problemas reais de saúde para a terceira idade, aumentar o idadismo, mais conhecido como preconceito etário e interferir no tratamento e pesquisa de enfermidades e na coleta de dados epidemiológicos.

Hoje os grandes centros que estudam o envelhecimento estão mais preocupados com a qualidade de vida do idoso do que com aspectos de saúde. Não faz sentido classificar todas as pessoas acima de 60 anos, como doentes, até porque a velhice é cronológica e não ligada diretamente à saúde.

Morrer de velhice representa uma conquista: é o encerramento natural da existência de um ser humano, que confere sentido à vida que se encerra.

Quem sairá ganhando com essa mudança? Velhice não é doença!

Receba nossas

novidades por

email

    Siga a Cris nas redes:

    © 2021 Cris Monteiro. Todos os direitos reservados.